Theme Support

Unordered List

Recent Posts

Junio Santos Gomes. Tecnologia do Blogger.

Nossa Missão Social

O Recanto Literário pretende trabalhar com os mais variados temas e para que consigamos alcançar o êxito esperado as ideologias e opiniões serão expressas através de (POESIAS, CRÔNICAS, CONTOS, ARTIGOS, ETC). Acreditamos que através da sensibilidade poética alcançaremos o nosso principal objetivo, ou seja, conscientizar todos sobre a nossa realidade social e tocar o coração dos amantes da poesia. AVANCEMOS!

Ocorreu um erro neste gadget

Marcadores

Tradutor

Pesquisar este blog


DESTAQUES!

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

SAUDADE!


Na vida criamos laços
De amor e de amizade
Com pessoas especiais
Que ao partirem deixam a saudade.

Cruzam nossos caminhos
Tornando-se importantes
Mas às vezes a vida é cruel
E as levam pra bem distante.

O coração fica apertado
Repleto de dor e tristeza
Os dias ficam amargos
A vida perde a beleza.

É triste perder um amigo
É triste perder um amor
É triste viver lamentando
É triste sentir essa dor.

A verdade é que a saudade
Nunca deixará de existir
Para aprendermos valorizar
Os momentos que estão por vir.

Autor: Junio Santos Gomes

sábado, 12 de novembro de 2016

LUA CHEIA!


Quando avisto a lua cheia
Não consigo o sorriso conter
Minha face de amor incendeia
Deleito-me em meu viver.

Transbordando de alegria
Assemelho o céu com o mar
Mar revertido de encanto e magia
Que reflete a luz do luar.

A lua dos namorados
Que embala os corações
Faz-te sonhar sonhos encantados
E desperta grandes paixões.

Mas com a lua não existe rotina
Não é sempre que a podemos ver
Ela envolve-nos e também fascina
Mas não tarda a desaparecer.

Deixa no peito a saudade
E certo suspense no ar
Tomados pela ansiedade
Aguardamos ela voltar.

Autor: Junio Santos Gomes

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

SINTO FALTA...


Sinto falta...

Da falta de responsabilidade
Das atitudes inconsequentes
Que por não serem conscientes
Gozavam de total liberdade.

Quando próximo ao entardecer
Corria para na rua ir brincar
De bandeirinha e de pegar
Ou até mesmo de se esconder.

Lembranças de minha doce infância
Constituída de ingenuidade
E briguinhas de pouca importância.

Hoje vejo uma realidade
Oposta a da minha infância
Repleta de imoralidades.

Autor: Junio Santos Gomes

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

INFINDO MAR!


O vai e vem tranquilo das ondas
É um símbolo do infindo mar
Que é sempre muito inconstante
E de repente pode esbravejar.

A sua beleza é incrível
Mas, existe quem possa enjoar
Entediado com o vai e vem
Das ondas do infindo mar.

Ninguém pode nem deve enfrentar
A fúria do infindo mar
Pois, pode ser perigoso
E a sua vida ele pode tirar.

Mas, não pense que o mar é vilão
Na verdade ele é inspirador
Faz o poeta transbordar de alegria
Escrevendo versos de amor.
  
Amores que vem e que vão
E ninguém pode premeditar
Geralmente são muito inconstantes
Semelhante às ondas do mar.

Autor: Junio Santos Gomes

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

AMIZADE COLORIDA!


Timidez não é defeito
Para muitos é um charme
Cada um tem o seu jeito
E também tem qualidades.

Sinceridade é uma virtude
Que todos devem valorizar
Pois, a falsidade só atrapalha
O que a amizade pode nos dar.

Saiba escolher os amigos
Eles são muito importantes
Ter amigos verdadeiros
Conforta-nos a todo instante.

Para manter bons relacionamentos
É preciso compreensão
Cada um no seu estilo
É a química da perfeição.

E quando a amizade se torna amor
O que é natural fazer?
 Declarar o sentimento,
Ou tentar a amizade manter?

Situação complicada
Mas geralmente é assim
Quando amigos se apaixonam
A amizade chega ao fim.

Deveria ser diferente
Esse tipo de relação
Pois nada impede dois amigos
De viverem uma paixão.

Então, reflita suas atitudes
Para não se arrepender
Pois, para que sejas feliz
Só de você irá depender.

Autor: Junio Santos Gomes

terça-feira, 8 de novembro de 2016

O REAL SENTIDO DA VIDA QUEM ME EXPLICOU FOI JORGE...

Quando se é jovem como eu, chega um momento em que se questiona: qual o real sentido da vida? As leituras, por vezes, explicam um pouco, mas são os exemplos que tornam tudo mais convincente, mesmo quando são exemplos ficcionais.
Assim como na vida real, muitas das personagens de Jorge Amado sofrem, outras esbanjam alegria. Na verdade, elas nos trazem a reflexão de que a vida às vezes parece ser injusta. Jorge mostra-nos um mundo onde o poder financeiro é quem dita às regras. E quantas foram as personagens tratadas nos livros de Jorge Amado que cometeram o erro que sobrepor o dinheiro a tudo? Quem não tremeu ao ler as descrições dos coronéis, dos poderosos?
Como um crítico social que era, Jorge Amado não deixou escapar a oportunidade de nos fazer refletir sobre nossas atitudes. Assim, analisamos que o verdadeiro valor da vida acaba sendo ocultado por nós que não buscamos compreender o que realmente vale a pena, que cada detalhe ou fato vai ter um efeito, seja ele imediato ou não.
Todavia, apresenta também exemplos de persistência. Em sua obra, não faltam personagens que são muito felizes mesmo em meio aos problemas e obstáculos, pessoas que não tendo poder econômico sabem valorizar a vida, estão sempre prontas para estender a mão ao próximo e principalmente, têm amigos de verdade, para todas as horas e sem qualquer tipo de interesse aproveitador. 
Ah as personagens de Jorge! São como os grandes vencedores, nunca desistem de seus sonhos por mais que pareçam impossíveis. Deixam claro o sentido da vida, ou seja, a capacidade de sonhar e lutar para realizarmos nossos objetivos, porque nascemos para sermos vencedores. Não devemos nunca desistir, porque viver é lutar pelos nossos ideais, é sorrir e dizer: eu consegui, eu lutei, eu conquistei: Tieta, Tereza Batista...  corajosas... não se deixaram abater diante das humilhações, das frustrações. Coragem é o caminho para obtermos sucesso e principalmente conquistarmos a verdadeira felicidade. 
                                                                                      
                                                                                      Autor: Junio Santos Gomes

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

MORENA PERFEITA


Linda por natureza
Sorriso sem igual
Um corpo moreno
E um olhar sensual.

Despertou meu desejo
E me levou a pensar,
O que devo fazer
Para te conquistar?

Pensamentos fluindo
A todo o momento
Não consigo conter
Esse meu sentimento.

Me diga morena
Como posso te ter
Porque desse jeito
Vou enlouquecer.

Todas as noites
Olhando pra lua
Imaginando colar
Minha boca na sua.

Sentir seu calor
E sua pele macia
Sentir seu perfume
De noite e de dia.

O céu não é o limite
Para tanto desejo
Coração bate forte
Aqui dentro do peito.

Me livra morena
Me tira do chão
Esse desejo consome
O meu coração.

Venha morena
Comigo ficar
Me beije me abrace
Faz-me delirar.

Não vou desistir
De te conquistar
Me dê uma chance
De ao menos tentar.

Já virou ficção
E não posso negar
Que o desejo que sinto
Jamais vai acabar.

Autor: Junio Santos Gomes

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

MAIS UMA PRIMAVERA.


Tão bela e cativante
Calma ela se aproxima
Com um brilho irradiante
A todos ela fascina.

O show já vai começar
As flores estão a se abrir
A primavera próxima estar
E todos estão a sorrir.

Mas seguindo a rotina da vida
Não tarda a sua despedida
Com data de volta prevista.

Nas faces entristecidas
O lamento pela partida
Da primavera grandiosa e querida.

Autor: Junio Santos Gomes

quarta-feira, 29 de julho de 2015

COMPLEXIDADE DO AMOR.



O amor é muito intenso
Incapaz de ser medido ou comparado
É a chave de um relacionamento
Mas às vezes é deixado de lado.

Abençoado por Deus e incondicional
Fonte inesgotável de alegria
O amor é especial
E a sua graça nos contagia.

Desperta nos corações
As maiores emoções
O amor cria laços verdadeiros,
Não cria ilusões.

Mas nem tudo são flores
Quando falamos de amor
Quando ele se acaba
Em nosso peito fica a dor.

Ai a vida fica amarga
E não queremos mais amar
Com medo de algum dia
Novamente se decepcionar.

Ah! O amor, belo como uma rosa,
Porem cheio de espinhos,
Na proporção que traz tristeza,
Traz também muito carinho.

Mas você que determina
O que pode acontecer
O pecado da luxuria
É o passaporte pra sofrer.

Ame pelo que a pessoa é
E não pelo que ela tem
Pois vaidade e dinheiro
Não traz felicidade pra ninguém.

O amor é dom de Deus
Por isso ame de verdade
Amar a quem te ama
É o caminho para a felicidade.

Autor: Junio Santos Gomes

sexta-feira, 11 de abril de 2014

PSICOSE!



Quanta desilusão...

Já não consigo suportar
Esse aperto no coração,
Tanto amor desprezado
Não dá para entender
Como um coração apaixonado
Sempre estar a sofrer.
Agindo sem pensar
Sofro por me apegar,
Tento me reerguer
Mas só penso em você,
Preciso de um estimulo
Uma razão para viver.
Viajo em minha insensatez
Buscando contentamento
Lutando contra o destino
Fugindo dos meus tormentos.
Vou refugiar-me em um lugar só meu
Onde eu possa refletir e meditar
Para tentar alcançar o nirvana
E sorrir ao invés de chorar.

Autor: Junio Santos Gomes

terça-feira, 18 de março de 2014

NOITES SOMBRIAS!


Refém da ansiedade
Com medo da escuridão
Sentindo-me solitário
E com um aperto no coração.

Não consigo compreender
Muito menos consigo aceitar
Por que minha ansiedade
Não para de aumentar.

Às vezes me arrepio
Na hora que vou deitar
Quando as luzes se apagam
Não consigo nem respirar.

Sinto-me muito sozinho
Sem ninguém pra me aquecer
Sem amor e sem carinho
Sem motivos pra viver.

Esse aperto no coração
Insisti em me perseguir
Vou tentar mudar o foco
Mas não sei se vou conseguir.

Espero que um dia isso acabe
Pois, não sei se vou suportar
Preciso de noites tranquilas
Para quem sabe voltar a sonhar.

Autor: Junio Santos Gomes

sexta-feira, 7 de março de 2014

LÁGRIMAS.



Lágrimas de amor
Não param de escorrer
Dos meus olhos entristecidos
Que sempre estão a sofrer.

Busco uma possível alegria
Uma razão para não chorar
Uma pessoa que tenha ousadia
E que esteja disposta a amar.

Queria que as minhas lágrimas
Fossem de felicidade
Mas a realidade é dura e cruel
São lágrimas de dor e saudade.

Paro para refletir
O porquê do meu sofrimento
Porquê minhas lágrimas rolam
E você não sai do meu pensamento.

Percebo que é difícil lutar
Quando meu destino é sofrer
Porque tudo pra mim é nada
Se esse tudo for sem você.

Autor: Junio Santos Gomes
Inicio

Total de visualizações

SIGA-NOS NO FACEBOOK!

Anuncio!!

SIGA-NOS NO FACEBOOK!